A Larissa, a autoestima e a geração de renda.

O Grupo Silvio Santos atua no mercado de beleza e higiene pessoal com a marca Jequiti, cujos produtos são oferecidos em catálogo, em um sistema de venda direta (porta a porta). Em apenas três anos de operação, a Jequiti já conta com mais de 118 mil consultoras – número que algumas empresas levaram 20 anos para atingir. Em 2009, a rede de consultoras Jequiti apresentou crescimento de 236%, contra 12% do setor, de acordo com dados da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (Abevd).

A Jequiti consolidou-se
no mercado brasileiro
de perfumaria e cosméticos

Impulsionado pelo crescimento do canal de venda, o número de pedidos também disparou, registrando aumento em 335%: em 2009 foram separados 730.434 pedidos, contra 218.019 em 2008. O faturamento acompanhou os demais indicadores e foi 191% superior ao registrado no ano anterior. Com isso, a Jequiti vem rapidamente se consolidando no competitivo e lucrativo mercado brasileiro de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos, que, conforme pesquisa do Euromonitor, movimentou, em 2009, cerca de US$ 28,4 bilhões e já é o terceiro maior do mundo.

É característica do canal de venda direta o grande número de novidades a cada ciclo de vendas. Em 2009, o portfólio da Jequiti cresceu, em média, oito lançamentos por ciclo, tornando-se mais abrangente em sua proposta e mais específico em suas funcionalidades, com produtos desenvolvidos para atender aos desejos e às necessidades de cada perfil de consumidor. Assim, ao final do ano, o portfólio da Jequiti contava com 384 produtos, nas linhas de perfumaria, maquiagem, infantil, rosto, cabelo, corpo e banho, tratamento e proteção solar – um aumento de 62% sobre 2008. Adicionalmente, em abril de 2009 entrou no segmento de não cosméticos, com a linha Vila Jequiti.

A Vila Jequiti é uma extensão da marca Jequiti para produtos não cosméticos relacionados ao bem-estar, conforto e beleza, como semijoias, bijuterias, acessórios, utensílios e produtos para casa, entre outros. A elevada média de lançamentos de 11 produtos por ciclo fez com que seu portfólio saltasse de 17 itens, no seu lançamento, para 185 itens, em dezembro de 2009. Esse crescimento, ao lado da excelente aceitação do público, justificou o desenvolvimento de um catálogo exclusivo para os produtos da linha.

DESTAQUES DO ANO

Inovação

O projeto “Modelo Inovador de Excelência em Gestão para a Aplicação na Cadeia Produtiva de Higiene Pessoal, Cosméticos e Perfumaria” foi certamente um dos fatos mais importantes do ano, pelos ganhos de eficiência que promoveu na gestão das cadeias de desenvolvimento, produção e logística e pela consequente aceleração dos resultados das diversas áreas da empresa.

Desenvolvido com o incentivo da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), que, ao final de 2010, terá concedido recursos da ordem de R$ 38 milhões, o projeto tem por objetivo a implantação de um modelo inovador de gestão do conhecimento, baseado nas melhores práticas de gestão da complexidade de cada uma das áreas-chave da cadeia produtiva de cosméticos:

  1. Pesquisa & Desenvolvimento;
  2. Suprimentos;
  3. Manufatura; e
  4. Logística.

Merecem ainda destaque os avanços no modelo de inovação aberta, conquistados com as parcerias firmadas com universidades, institutos de pesquisa e empresas, não só com o objetivo de trazer a inovação para os processos de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, mas também de disseminá-la em toda a cadeia produtiva.

Lançamentos

O destaque foi o expressivo avanço da participação da Jequiti na categoria de perfumaria, com os lançamentos das colônias “Diva”, “Oro”, “Uzon Black” e “Elo por Claudia Leitte” e das colônias refrescantes da linha “Corais”.

Outros dois movimentos importantes no portfólio foram os lançamentos da linha “EU”, composta por loções hidratantes, sabonetes, óleo e colônia splash, e da linha “Óllio”, que marcou a entrada da Jequiti no segmento de óleos hidratantes corporais, com altos índices de crescimento.

Marketing

Potencializando a operação por meio da sinergia com os outros negócios do Grupo, a performance da marca e suas consultoras se fortalecem com o espaço no SBT:

  • Roda a Roda Jequiti é um programa semanal, apresentado pelo próprio Silvio Santos, com o objetivo de atrair novas consultoras e consolidar a marca Jequiti. Todas as semanas, são sorteadas duas casas e prêmios em barras de ouro para consumidores e consultoras Jequiti, além do sorteio de dois carros por mês. O programa é exibido aos sábados e reprisado aos domingos e, em 2009, obteve audiência média de dez pontos.
  • Ganhe Mais Dinheiro com Jequiti é um programa semanal, com objetivo de treinar as consultoras e divulgar a marca Jequiti entre os telespectadores do SBT. Estreado em junho de 2009, obteve audiência média de três pontos.

Logística

Na logística, os destaques ficam por conta do plano de capacitação e da implantação do novo sistema de picking, que triplicou a capacidade de separação de produtos, reduziu o tempo do ciclo do pedido e levou a Jequiti a um patamar de classe mundial em tecnologia e processo de separação.

Outro destaque foi a criação do conceito de inteligência interna, que resultou na gestão mais eficiente da complexa cadeia de desenvolvimento, produção e logística, auxiliada pelo conhecimento do mercado em cada elo dessa cadeia e do fortalecimento da área de Qualidade.

Força de Vendas

O ano de 2009 foi marcado pelo desenvolvimento do canal de vendas, por meio de fortes investimentos na contratação e no treinamento de gerentes de Vendas em todo o território nacional. Isso possibilitou maior penetração da marca e de seus produtos junto às consultoras e aos consumidores finais.

Também merece registro a implantação, no primeiro semestre de 2009, do sistema de captação de pedidos on-line, que possibilitou que as consultoras Jequiti efetuassem 25% dos seus pedidos pela Internet.

Fluxo de Caixa

Apesar de a crise financeira mundial que teve início em setembro de 2008 ter afetado diretamente a Jequiti com a escassez de linhas de crédito para capital de giro e aumento substancial das taxas de juros, houve melhoria no fluxo de caixa a partir do segundo semestre de 2009, com a obtenção e a negociação de novas linhas de crédito e redução das taxas de juros.

Hydrogen

Em 2009, com o objetivo de focar os esforços da empresa no canal de venda direta, o Grupo Silvio Santos vendeu a marca Hydrogen, por meio da qual atuava no varejo de cosméticos para o público infantil. A venda incluiu todos os ativos da marca, como patentes, fórmulas, moldes e estoques, além dos contratos de licenciamento com a Disney e a Warner Bros.